Ultimas Novidades

PROPAGANDA

Buscar no blog

Carregando...

#Tabatinga-AM - Ministro da Defesa visita a tríplice fronteira

19/01/2017, quinta-feira

Foto: Em Tempo (Ministro da Defesa Raul Jungamnn em revista a tropas)

Bruna Souza
Em Tempo

Durante agenda oficial em Tabatinga (distante 1.108km de Manaus ), o ministro da Defesa, Raul Jungmann, visitou unidades responsáveis pela segurança da fronteira  do Amazonas com o Peru e a Colômbia, nesta quarta-feira (18/1), e anunciou que vai se reunir com representante dos países vizinhos, em Brasília, no próximo dia 31.

Ainda durante a visita de reconhecimento, o ministro também anunciou o investimento de R$ 450 milhões para o desenvolvimento de projetos e aperfeiçoamento do monitoramento das fronteiras do país. Nesta quinta-feira (19/01), ele visita o Sistema Integrado de Monitoramento das Fronteiras (Sisfron), em Dourados (MS), que tem como principal objetivo a prevenção de crimes “transfonteiriços”.

Os ministros da defesa e de relações exteriores do Brasil, da Colômbia e do Peru vão participar da reunião, onde serão discutidas ações de intervenção na área da tríplice fronteira. O objetivo era que o encontro acontecesse ainda em Tabatinga, entretanto devida a agenda de Jungmann, a reunião foi adiada.

Jungmann visitou o Pelotão de Fronteira na Vila Bittencourt, no município de Juruá, e o Hospital do exército, além do 2º Pelotão Especial de Fronteira – Ipiranga e na Capitania Fluvial de Tabatinga. A visita ao Amazonas ocorreu após 64 presos serem mortos e outros 225 fugirem de prisões desde 1º de janeiro. As ações resultaram na maior crise carcerária do estado.
Plano Nacional

De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério da Defesa, Raul Jungman falou sobre o novo Plano Nacional de Segurança Pública, lançado no início do mês pelo Ministério da Justiça, o combate ao crime organizado e atuação das Forças Armadas para barrar a entrada de drogas no Brasil. O comandante militar da Amazônia (CMA), general Antônio Mitto, acompanhou o ministro, que assistiu a demonstrações de operações para conhecer a rotina dos 360 militares e civis que atuam nessa região.

Raul ressaltou que o resultado da reunião, entre o presidente Michel temer e os governadores da Região do Norte e Centro-Oeste, deve aumentar a segurança nas fronteiras com o emprego das Forças armadas em varreduras dos presídios.

Na ocasião, o governador do Amazonas, José Melo, disse que os Estados precisam de apoio federal para enfrentar o tráfico de drogas, que é o responsável pela maioria das ocorrências policiais e do aumento da população carcerária no sistema prisional. Para garantir recursos, ele sugeriu a criação de um fundo com a contribuição dos Estados e da União.

O ministro Jungmann chegou à Tabatinga (AM), ontem quarta-feira (18/01), às 14h e foi embora hoje quinta-feira (19/01), às 8h no Aeroporto Internacional de Tabatinga.

Fonte: Site O Tempo

Seja o primeiro a comentar

#Brasil: Saúde indígena: Secretaria lança novo Sistema de Recursos Humanos

19/01/2017, quinta-feira

Fotos: Alejandro Zambrana / Luís Oliveira

Nova ferramenta vai possibilitar maior organização na gestão de pessoas, oferecendo informações e subsídios para tomadas de decisões, bem como transparência às contratações e ao trabalho realizado em área indígena

Por Felipe Nabuco

A Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) lança neste mês um novo Sistema de Recursos Humanos, o SESAI RH. O principal objetivo do novo sistema é aperfeiçoar e agilizar o gerenciamento das informações referentes à força de trabalho existente na SESAI, que hoje é realizado de forma deficitária, por meio de planilhas encaminhadas pelos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs) e pelas conveniadas. A meta da SESAI é cadastrar 100% dos quase 22 mil trabalhadores que compõem a sua força de trabalho até o dia 20 de fevereiro de 2017.

"Com o novo sistema, passaremos a ter um maior conhecimento das Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena, sabendo onde estão lotadas, quem são, quais as profissões, jornadas de trabalho, entre outras coisas. Além disso,  passaremos a conhecer melhor as regiões que têm dificuldades para contratar, bem como quem são os indígenas que trabalham para a SESAI", explica o diretor de Gestão, Fernando Rocha.

Outra importante contribuição da nova ferramenta está na transparência que ela possibilita no gerenciamento da força de trabalho nas aldeias indígenas. "Com o monitoramento do sistema, também poderemos acompanhar a data de entrada e de saída das equipes de saúde em área, nos 34 DSEIs, conhecendo, desta forma, como está sendo realizado o trabalho em área", reforça Fernando.

CADASTRO

O sistema foi desenvolvido em plataforma WEB e será o campo oficial de informações sobre os vínculos dos trabalhadores da Secretaria. Por ser operacionalizado de forma digital, o SESAI RH possibilitará a realização do autocadastro de forma rápida e transparente no que se refere às informações pessoais, funcionais e de lotação. Para se cadastrar o trabalhador da SESAI/DSEI deve acessar pelo endereço http://sesai.saude.gov.br.

Devem se cadastrar todos os trabalhadores que compõem a força de trabalho atuante na SESAI, incluindo os 34 Distritos e a sede, em Brasília. "O acesso ao autocadastro não precisa de senha. Ao final do registro, será emitida uma nova senha, com a qual o trabalhador ficará responsável pela atualização de suas informações no sistema", explica a técnica responsável pelo sistema (DGESI/SESAI), Edilaine Martins.


De acordo com ela, cada DSEI deverá indicar um ponto focal responsável por fazer o monitoramento das informações do Distrito.  "Esperamos cadastrar todos os trabalhadores até o final deste ano. Para isso, estamos mobilizando todas as coordenações de DSEIs, assim como as coordenações daqui da SESAI/DF, para que fomentem a participação de todos no cadastro do sistema", reforça Edilaine.

Entre os trabalhadores que devem, obrigatoriamente, fazer o cadastro estão os colaboradores das entidades conveniadas, terceirizados (prestadores de serviço), profissionais do Programa Mais Médicos e participantes do Programa de Valorização dos Profissionais da Atenção Básica (PROVAB).

FORÇA DE TRABALHO

A reestruturação da força de trabalho na saúde indígena, iniciada em 2011, um ano após a criação da SESAI, já possibilitou um incremento de mais de 13 mil trabalhadores na pasta, um aumento de mais de 100%. Em 2011, pouco mais de oito mil profissionais atuavam na Saúde Indígena. Hoje, são cerca de 22 mil, dos quais quase 50% são indígenas.

A força de trabalho na saúde indígena conta ainda com uma grande variedade interdisciplinar, com profissionais das mais diversas áreas, que vão desde o médico ao Agente Indígena de Saneamento (Aisan), passando por antropólogos, geólogos, engenheiros, intérpretes, entre outros.


Fonte: Site do Ministério da Saúde

Seja o primeiro a comentar

#Tabatinga-AM - Prefeitura dispensa carteira de identidade para matrícula de alunos em Tabatinga

18/01/2017, quarta-feira

Foto: Carlos Gossel (Fila no setor de identificação terça-feira 17/1, pela manhã)

No momento, a emissão de documentos dá prioridade para os idosos, gestantes e portadores de necessidades especiais

Otto Farias – Repórter Solimões

Tabatinga (AM) - Após longas filas, que iniciaram a partir do sábado passado (14/01), de pais e responsáveis no posto de identificação para emissão de carteira de identidade solicitada pelas escolas do município, a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Tabatinga decidiu, após reunião com os gestores, matricular alunos com os documentos dos seus responsáveis, até que se tirem seu próprio RG.

No momento, a prioridade na emissão de documentos está sendo para os idosos, gestantes, maiores de 18 anos e portadores de necessidades especiais.

A emissão do documento é gratuita. Qualquer pessoa residente em Tabatinga pode fazer a solicitação.

Fonte: Rádio Nacional do Alto Solimões

Seja o primeiro a comentar

#Tabatinga-AM - Igreja evangélica é furtada

18/01/2017, quarta-feira

Desenho: Aconteceu em Jaraguá do Sul

Tabatinga (AM) – A Igreja Evangélica Assembleia de Deus Tradicional, localizada na rua 1º de fevereiro, bairro Vila Paraíso, rua da Unidade de Pronto Atendimento – UPA, foi furtada na madrugada de segunda-feira, às 2h30min.

Levaram dois instrumentos musicais, uma guitarra e um baixo cor verde.

Não há suspeitos.

Seja o primeiro a comentar

#Tabatinga-AM - Licitação: INFRAERO informa Errata nº 001/CSMN/2017 no Pregão Eletrônico nº 111/ADMN/SBTT/2016

18/01/2017, quarta-feira

Foto: Carlos Gossel (Aeroporto Internacional de Tabatinga)

ERRATA Nº 001/CSMN/2017 – 06.01.2017

PREGAÇÃO ELETRÔNICO Nº 111/ADMN/SBTT/2016

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTÍNUOS DE MANUTENÇÃO E ASSESSORAMENTO TÉCNICO PARA OS SISTEMAS ELÉTRICOS, MECÂNICOS, ELETROMECÂNICOS, ELETRÔNICOS, CIVIL E ÁREAS VERDES DO AEROPORTO INTERNACIONAL DE TABATINGA (SBTT) POR ACORDO DE NÍVEL DE SERVIÇO (ANS), COM FORNECIMENTO DE MATERIAIS SOB DEMANDA.

A INFRAERO comunica as alteração abaixo no Edital da presente licitação, tornando as mesmas disponíveis para consulta na Coordenação de Licitações e Contratos, bem como nos sites www.infraero.gov.br (no ícone “Licitações”) e www.licitacoes-e.com.br.

1ª PARTE – ERRATA Nº 001/CSMN/2017
  1. Alteração no Edital:
    1. Na Folha de Rosto:
  • A data de limite para recebimento das propostas e de abertura da Sessão Pública a ser no dia 24/01/2017, às 11h30min*;
  • A data de início da disputa de preços fica remarcada para o dia 24/01/2017, às 16h30min*.
*Para todas as referências de tempo será observado o horário de Brasília/DF.

2ª PARTE – RATIFICAÇÃO

As demais condições expressas no edital e em seus Anexos permanecem inalteradas.

Manaus, 06 de janeiro de 2017

MARINEUZA MARINHO DE MENEZES MONTEIRO

Seja o primeiro a comentar

#Tabatinga-AM - Esporte: Jovens de Tabatinga (AM) participam de Campeonato de Handebol

17/01/2017, terça-feira

Foto: Jogadores de handebol.Wander Roberto / Photo&Grafia / CC BY 3.0

Objetivo do evento é manter viva a modalidade esportiva na cidade

Kátia Franco – Repórter Solimões

Tabatinga (AM) - O Campeonato Relâmpago “As feras do Handebol”, que acontece em Tabatinga, tem o objetivo de manter viva a modalidade esportiva na cidade.

Segundo Gracy Reategue da organização e participante do projeto, comentou à Rádio Nacional do Alto Solimões, o torneio tem ainda a intenção de obter apoio e reconhecimento das autoridades do município.

Cinco times participam do campeonato que está sendo realizado nos finais de semana, no Clube Walter Berg, na vila militar, com início as 19h, entrada gratuita.

Fonte: Rádio Nacional do Alto Solimões

Seja o primeiro a comentar

#Tabatinga-AM - Criança de 7 anos é abusada sexualmente

17/01/2017, terça-feira

Atualizado: 18/01/2017 - 13:54

Foto: Pedro Magalhães Ganem

Tabatinga (AM) – Ontem à noite, cerca das 20h30min, segunda-feira (16/01), no bairro Tancredo Neves, uma criança, sexo feminino, foi abusada sexualmente por seu primo de primeiro grau.

O caso aconteceu na casa da mãe da criança e foi dado como estupro de vulnerável.

Seja o primeiro comentar

#Tabatinga-AM - Rebatendo comentário negativo à sua pessoa, coordenador do DSEI Alto Solimões posta nota em seu perfil no Facebook

17/01/2017, terça-feira

Foto: Arquivo BN

Tabatinga (AM) – Weydson Gossel Pereira, coordenador do DSEI Alto Solimões, rebatendo um comentário negativo que teve em relação à sua pessoa ontem, segunda-feira (16/01), na cerimônia da 2ª sessão da Câmara Municipal de Tabatinga, 1ª ordinária, publicou, hoje terça-feira (17/01), em seu perfil no Facebook uma nota, ao qual teve 41 comentários positivos e três compartilhamentos, que ora transcrevemos abaixo:

NOTA!

A frase do dia ontem [segunda 16/1] para os vereadores indígenas de Tabatinga segundo informações foi a seguinte " Voces tem que fiscalizar esse CARA que ta gastando indevidamente os dinheiro de vocês indígenas "

Trabalho ha 11 anos na Saúde Indigena, vim de baixo.

Trabalhei 2 anos no Pólo Base de Belém do Solimoes como integrante da Equipe Multidisciplinar.

Fui responsável pelo Sistema de Informação da Atencao àSaúde Indígena no Alto Solimoes e referência técnica a nível central na SESAI.

Fui chefe de Divisão de Saúde Indigena no DSEI ALTO SOLIMOES e apos todos esses anos de muita dedicação, aprendizado e muito conhecimento do subsistema de atenção a saúde indigena e da Politica Nacional de Atenção a Saúde dos Povos Indigenas, fui nomeado em agosto de 2014 COORDENADOR DISTRITAL DE SAÚDE INDIGENA DO DSEI ALTO RIO SOLIMOES/SESAI.

De lá 2014, até aqui, temos inúmeros frutos, ou seja, muitos avanços em tao pouco tempo e olha que a saúde indígena foi criada em 1999, ha 18 anos atras.

Isso não quer dizer que esteja tudo mil maravilhas na Saude Indigena do Alto Solimoes, mais sim que estamos no caminho certo e nesse caminho certo conseguimos muito avancos mesmo com todas as dificuldes enfrentadas e todo engessamento burocrático existente em nossa legislacão na admistracao publica.

Ainda assim, quando se tem zelo pelo bem publico e sobre tudo quando se quer alcançar o coletivo e nao o individual, somados a transparência e gasto qualificado, aí as coisas começam a andar e o resultado nao poderia ser outro.

Nossa Caracterização é a seguinte:

População: 65.500 indígenas 
Numero de Aldeias: 227
Numero de Etnias: 07 ( Ticuna, Kocama, Kambeba, Kanamari, Kaixana, Witoto e Maku Yuhup)
Numero de Municipios: 07( Tabatinga, Benjamin Constant, Sao Paulo de Olivença, Amatura, Santo Antonio do Iça, Tonantins e Japura).
Pólos Base: 12
Postos de Saude: 10
CASAI: 01( Tabatinga)
Casas de Apoio: 04( Benjamin Constant, Sao Paulo de Olivenca, Amatura e Santo Antonio).
Total de trabalhadores: 1.055
Meio de locomoçao: Fluvial 95%, terrestre 3% e Aéreo 2%.
Nossa missão é realizar a Atenção Primária ou Atenção Básica à Saúde da população indígena nas 227 aldeias do Alto Solimoes.

A atenção secundária ou média complexidade é de responsabilidade dos municípios que são nossas retaguardas.

A atenção terciária ou de alta complexidade é de responsabilidade do Estado.

Vários foram os avanços de minha gestao a frente do DSEI em todo o Alto Solimoes, porém, vou focar somente no que fizemos no município de Tabatinga:

Na Atencao A Saude:

1. Redução da Mortalidade Infantil nos Polos Base de Umariacu 1, 2 e Belem do Solimoes;
2. Redução da mortalidade por suicidios nos Polos Base de Umariacu 1, 2 e Belem do Solimoes;
3. Redução da Malaria nos Polos Base de Umariacu 1, 2 e Belem do Solimoes;
4. Aumenta na Cobertura Vacinal de toda populacao, Salas de vacina e equipe treinada nos Polos Base de Umariacu 1, 2 e Belem do Solimoes;
5. Contratação de médicos para os pólos base de umariacu 1 e 2 e para belem do solimoes que
nunca teve medico integralmente, hoje dispõe de 4 medicos. No total 8 médicos contratados para as três unidades.
6. Equipe Multisdiplinar completa nos 03 Pólos Base;
7. Ótima obertura nos Pre-natais de nossas indigenas;
8. Ótima cobertura no acompanhamento e desenvolvimento das crianças;
9. Cobertura de acompanhamento nutricional das criancas, gestantes e idosos no SISVAN;
10. Linha de cuidado traçada e descentralizada para o acompanhamento dos pacientes com HIv/AIDS;
11. Testes rápidos de malaria, Sifilis, HIV e HV disponível em todas as nossas unidades;
12. Farmácias abastecidas com medicamentos que é a nós permitido adquirir;
13. Educação Permanente de todos os profissionais para execução das açoes, várias capacitações realizadas;
14. Aumento satisfatório das visitas domiciliares nas aldeias;
15. Presença em todas aldeias de equipe de saúde completa de forma integral durante os 365 dias do ano.
16. Implantação da Sala da Parturiente indigena na Maternidade Celina Vilacrez em parceria com a SUSAM e direção da UPA.

No Saneamento e edificacoes apesar de ser nosso maior desafio conseguimos avançar:

1. Construção do maior sistema de abastecimento já construido em uma aldeia indígena, no caso na aldeia Belém do Solimoes. São 140 mil litros de água barrenta retirada do Rio Solimoes que apos minutos se tornam propria para o consumo apos entrar na Estação de Tratamento de Agua;
2. 03 projetos de sistema de abastecimento aprovados e em fase de construcao de edital e processo licitatorio, que vai beneficiar em 2017 as aldeias Cajari 1, Cajari 2 e Umariacu 1( bairro Castanhal)
3. Entrega de mais de 3 mil filtros de purificação de água de barro;
4. Entrega de mais de 2.500 caixas daguas só neste ultimo ano de 2016.
5. Reforma da CASAI Tabatinga;
6. Construção da Rua de acesso da CASAI Tabatinga em concreto armado;

E ainda :

1. Aquisicao de mais de 100 barcos devidamente equipado para as aldeias e Pólos Base;
2. Aquisição de mais de 06 veiculos;
3. Aquisicao de material medico hospitalar a contento para todos os polos base;
4. Aquisição de equipamentos médicos hospitalares aos pólos base;
5. Aquisição de equipamentos permantes de informática e variados;
6. Aquisiçao de insumos odontológicos

Apesar de fazer atenção básica, ainda temos responsabilidades que seriam dos município e do Estado como por exemplo:

1. Todos os pacientes indígenas referenciado para Tratamento fora de Domicílio (TFD) em Manaus tem a passagem custeada pelo DSEI, seja por via fluvial ou aérea;
2. A maioria das remoções de Urgencia/emergencia via UTI Aerea de pacientes indígenas para Manaus também é custeada pelo próprio DSEI.

Temos muito mais pra mostrar, mais vou parar por aqui se nao fica cansativo de ler.

Nunca avançamos tanto na saúde indígena do Alto Solimoes e isso se deve ao trabalho de todos os 1.055 profissionais que se dedicam todos os dias mesmo com toda dificuldade que aparecem.

Aqui não tem GASTO INDEVIDO com dinheiro da Saúde Indigena.

Aqui tem zelo pelo recurso público, o gasto é qualificado diferente de outras gestões que passaram no DSEI ALTO SOLIMOES.

Aqui temos planejamento e apesar dos poucos recursos, estamos fazendo muito e isso Graças a Deus. OS resultados estao aí.

Quem nos fiscaliza nao são os VEREADORES, mais sim toda a populacao indigena que é representada pelos conselheiros distritais , locais e ainda o próprio movimento indigena que faz parte do CONDISI e a FUNAI.

Recebemos ainda a fiscalização do Ministerio Publico Federal e Fiscalizacoes internas da AGU e DENASUS.

Os VEREADORES indígenas ou nao, são responsaveis por fiscalizar os atos dos prefeitos e de sua gestão.

É o que tinha pra falar dessa frase infeliz de ontem.

Atenciosamente,

WEYDSON GOSSEL PEREIRA
Coodenador do DSEI ALTO SOLIMOES
Dsei Alto Rio Solimões

Seja o primeiro a comentar

#Amazonas - Maués: Nova operação procura bens que sumiram da prefeitura

17/01/2017, terça-feira

Fotos: M. Rocha (Ambulância abandonada, ambulâncias sucateadas, caminhão da Secretaria de Obras abandonado e Central de Medicamento vazios)

Maués (AM) - A Prefeitura de Maués (a 258 quilômetros de Manaus) protocolou ontem, segunda-feira (16/01), na Delegacia Civil do município, novo pedido de busca e apreensão de equipamentos e bens desaparecidos dos órgãos públicos locais na gestão anterior. O documento, entregue pela Procuradoria Geral, alerta para novos indícios que apontam o destino e os endereços onde estariam os materiais extraviados.

A nova ação acontece cinco dias depois que a Polícia Civil do Amazonas recuperou em uma das casas do ex-prefeito Padre Carlos Góes, 36 bens públicos pertencentes a diversas secretarias municipais e que estavam desaparecidos.

Por determinação do atual prefeito Júnior Leite, todas os secretários, coordenadores e diretores de órgãos e departamentos municipais estão realizando um levantamento comparativo entre o que está declarado no patrimônio de suas respectivas pastas e o que foi realmente encontrado, após o dia 1º de janeiro.

"Os primeiros dias são para arrumar a casa. E os resultados preliminares são assustadores em todas administração pública. O próximo passo será o registro de boletins de ocorrência na delegacia para que a população de Maués conheça a realidade que estamos encontrando", explicou o prefeito Júnior Leite.

Um dos piores exemplos do descaso com o patrimônio público na Terra do Guaraná está na Secretaria Municipal de Saúde, onde foram encontradas apenas 40 unidades de ar-condicionado – de um total de 237 declaradas na relação patrimonial.

Com uma população de 61 mil habitantes (estimativa do IBGE para 2016), Maués tem apenas uma ambulância em condições de fazer o atendimento na zona urbana. "As demais estão paradas porque desapareceram os motores, equipamentos e até os pneus", afirmou o secretário Ildnav Trajano, ao acrescentar que embarcações (ambulanchas) e 11 motores de popa utilizados para fazer o atendimento das comunidades rurais também estão desaparecidos.

Na área da educação, as estimativas iniciais apontam que R$ 1 milhão em equipamentos (computadores, aparelhos de ar-condicionado, móveis e até pratos e talheres) estão 'perdidos'. "No depósito da secretaria não encontramos uma resma de papel, apenas cinco caixas de giz e seis cadernos", alertou o titular da pasta, João Libânio.

Na Secretaria de Produção Rural, o gestor Luis Carlos Dinelli está realizando uma verdadeira maratona no município para encontrar e recuperar equipamentos que pertenciam ao órgão e foram vendidos ou repassados para terceiros, como uma chocadeira de ovos com capacidade para abrigar seis mil crias.

"Parte do patrimônio público foi entregue para outras pessoas e outra parte não tem condições de uso ou não sabemos o paradeiro como tratores, aparelhos de GPS, voadeiras e motores", explicou Dinelli.

O sucateamento de veículos pesados, como caminhões, pás carregadeiras e caçambas na última gestão de Maués, transformou o pátio da Secretaria de Obras em um verdadeiro ferro-velho com sucatas que deveriam servir a população.

"Os gestores anteriores retiravam peças de um veículo para usar em outro, sem nenhuma preocupação de repor ou consertar. O transporte escolar que tem apenas dois ônibus em condições precárias de circular e outros sete completamente destruídos", afirmou a secretaria de Infraestrutura Solange Cristina Rocha.

DISQUE-DENÚNCIA

Com todos os boletins de ocorrência das secretarias e órgãos públicos a serem registrados nos próximos dias, a Prefeitura de Maués pedirá novos mandatos de busca e apreensão na polícia e por meio de sua Procuradoria Geral, também serão propostas ações por improbidade administrativa contra o ex-prefeito e seus secretários.

"Estamos concluindo as avaliações sobre a situação financeira de Maués, mas já podemos adiantar que o mesmo descaso com o patrimônio material também foi encontrado no uso do dinheiro público. Ambos são crimes e vamos cobrar os responsáveis na justiça", assegurou o prefeito Júnior Leite.

Na última sexta-feira (13), o prefeito disponibilizou dois números de celular (9.9487-2697 e 9.8853-3294) para o serviço de disque-denúncia, no qual a população poderá informar sobre o destino de algum bem público pertencente à prefeitura. "Até mesmo quadros e obras de arte do Museu do Homem de Maués foram levados e somente com a população poderemos encontrar", disse o prefeito.

Press Comunicação Estratégica

Seja o primeiro a comentar

#Amazonas - Fantástico diz que o governador José Melo é parceiro da facção criminosa FDN

17/01/2017, terça-feira

Foto: Site CM7 (Manifestação contra Melo)

Governador José Melo não tem muito que se explicar, são rebeliões, insegurança, acusações de parceria com crime organizado e agora manifestações em toda a cidade demostrando a revolta da população.

Em rede nacional o Fantástico, programa da Rede Globo que passa à noite aos domingos, deixou claro a ligação do atual governador do Amazonas, José Melo com a Facção criminosa FDN, uma das mais violentas e bem organizadas do Norte. Veja a matéria de domingo (15/01).

Em 2014, a Veja divulgou áudio em que Carliomar Barros Brandão, então subsecretário de Justiça, pede o apoio da FDN para a reeleição de José Melo (PROS).

A conversa se deu numa sala do próprio presídio Anísio Jobim.

"Vamos apoiar o Melo, entendeu? A cadeia…vamos votar minha família toda, lá da rua, entendeu? Não tem nada não, a gente não conhece o Melo (trecho inaudível), a gente quer dar um alô, que ele não venha prejudicar nós. E nem mexer com nós", diz o traficante José Roberto Barbosa, um dos líderes da facção.

Carliomar Brandão responde: "Não, ele não vai, não. A mensagem que ele mandou para vocês, agradeceu o apoio e que ninguém vai mexer com vocês, não".

Em outro trecho, o criminoso diz: "Tá vendo o que está acontecendo em Santa Catarina (vários ataques)? É o comando dos caras, que estão rodando lá por causa do governo dos caras. Tá vendo aqui, a cadeia tá tudo em paz porque o governo daqui não mexe com nós", diz

"O que ele quer é isso, é a cadeia em paz", responde o subsecretário. O traficante, então, estima o número de votos que conseguirá levantar para José Melo. "Eu acho que de voto ele vai ter de nós mais de cem mil votos. Você imagina cada preso que tem família lá, se a gente der uma ordem eles vão cumprir. Não é igual aqueles caras que se der 100 reais que diz que vai votar e não vota. O nosso vai votar no Melo porque nós mandemos (sic)."

O subsecretário alegou que a conversa foi manipulada, como se fosse natural uma autoridade política negociar com criminoso preso.

#Tabatinga-AM - Tumulto na Ação de Expedição de Carteira de Identidade

16/01/2016, segunda-feira

Foto: Ação em Tabatinga AM Otto Farias//EBC//CC

Por causa da alta demanda os atendimentos serão prorrogados

Otto Farias - Repórter Solimões

Tabatinga (AM) - Desde as 16 horas de domingo (15/01), mais de 800 pessoas formaram filas para retirar carteira de identidade, no mutirão realizado pelo Departamento de Polícia Técnica Científica em Tabatinga, Amazonas, o que segundo a coordenação do posto de identificação da prefeitura, tenha causado tumulto, discussão entre os que aguardavam para receber uma ficha.

A demora no atendimento, segundo a coordenadora do setor de identificação Edna Mafra, é porque a prioridade está sendo para as gestantes, mulheres com bebe de colo, pessoas com deficiência.A emissão do documento é gratuita, qualquer pessoa residente em Tabatinga pode fazer a solicitação.

Para suprir as necessidades seriam atendidas 300 pessoas até hoje, segunda-feira (16/01). E por causa da demanda os atendimentos vão se estender até os próximos dias.

Fonte: Rádio Nacional do Alto Solimões

Seja o primeiro a comentar