Últimas Notícias

Post Top Ad

Veja as últimas notícias:

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

MPAM vai monitorar instalação de geradoras independentes em municípios do interior do Amazonas



Foto: Amazonas Atual

09/12/2019, segunda-feira

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) por intermédio da 51a. Promotoria de Defesa do Consumidor (51a. PRODECON), onde atua a Promotora de Justiça Sheyla Andrade, convocou, nesta quinta-feira, 5/12, as empresas geradoras e distribuidoras de energia na capital e no interior para explicar como estão sendo solucionados os problemas de fornecimento em cidades do Amazonas.

Na reunião, estavam presentes os Promotores de Justiça das cidades de Uarini, Alvarães, Itamarati, Carauari, Lábrea, Urucará, Maraã, Manicoré, Apuí, Benjamin Constant, Nova Olinda, Atalaia do Norte, Novo Aripuanã, Eirunepé, Tapauá, Canutama e Tabatinga que levaram para a discussão as principais reclamações da população dessas sedes de municípios.

Entre os problemas mais graves desses localidades estão a interrupção do fornecimento de energia elétrica por muitas horas e a mudança de data de cobrança das contas aos usuários. A Promotora Sheyla Andrade cobrou do Diretor de Operações da Amazonas Energia, Eduardo Xerez, um calendário de instalação de geradoras independentes nas sedes para que o fornecimento de energia, várias vezes ao dia, não seja mais interrompido. "O objetivo da reunião foi para que os Promotores de Justiça, que estão em curso de vitaliciamento na sede do MPAM, pudessem conhecer os representantes das empresas que cuidam da geração de energia e da distribuição. Hoje fixou-se um canal de acompanhamento e diálogo entre esses representantes e o Ministério Público. A informação que nós tivemos aqui é que até agosto do ano que vem grande parte dos municípios será contemplada com novas usinas", disse a Promotora Sheyla Andrade.

A partir de agora o MPAM irá monitorar a instalação dessas unidades geradoras e cada um dos Promotores do interior vai acompanhar a efetividade da geração e prestação dos serviços aos usuários dessas localidades.

Como funciona atualmente

Uma empresa de energia (Amazonas GT) presta o serviço de geração para Manaus e mais Anamã, Anori, Codajás e Caapiranga. Nestes municípios a distribuição é realizada pela Amazonas Energia. Nos restante do estados, as cidades estão sendo abastecidas, com calendário final até agosto de 2020, com a instalação de geradores independentes contratadas pela Amazonas Energia.

Via  ASCOM MPAM/Blog Jambo Verde

Seja o primeiro a comentar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot